Confira os ganhadores da IV Mostra de Desenho e Fotografia:

Desenho:

1° lugar da modalidade desenho: 

Nome da obra: Transcendência
Autora: Ananda Krishna Cecatto Galeti
Descrição: …E foi assim que tudo se fez: mudança, criação e transformação do ser humano. As constantes alterações do intelecto e da relação entre o ser e a mente, alteraram significativamente tudo que veio após. A criação e evolução se deu através do aparecimento de novas ideias e formas de pensar, surgidos de uma anterior negligência/ medo do novo e do desconhecido. A instigação pelo conhecimento e divulgação do mesmo foram, por muito tempo, censuradas pelas mãos daqueles que buscavam o controle da maioria. Sejamos esperançosos de que tal censura será completamente extinguida e o conhecimento e a liberdade de expressão transcendam, para uma constante mudança, criação, transformação e evolução. A obra faz alusão à: censura (mãos), diferentes opiniões (diversas faces), sentimentos (expressões faciais), sociedade (conjunto dos rostos como um todo), movimento/ passagem de tempo (traços indefinidos).

2° lugar na modalidade desenho: 

Nome da obra: Uma expressão dois sentimentos
Autor: Gabriel Daros
Descrição da obra: Em minha obra quis retratar dois maus do nosso século, a depressão e a ansiedade. Ao centro fiz uma mulher bonita com uma expressão neutra, que mostra que por fora aos olhos de todos ela parece estar bem. Ao redor fiz duas pessoas emergindo da fumaça, que demonstram estar escondidas numa única mulher, sendo elas, o homem de cara cansada com bastantes olheiras ao redor dos olhos, a depressão e a mulher como os olhos fechados para não temer o que vem pela frente, a ansiedade. Quis mostrar que essas duas doenças podem se manifestar de varias formas e jeitos e até mesmo por figuras humanas existentes ou não, ou seja, por mais q ela demonstre apenas uma expressão seja feliz, normal ou triste ela tem sempre consigo dois sentimentos.

3° lugar na modalidade desenho:

Nome da obra: Metamorfose
Autora: Andriele Horbach
Descrição da obra: “Metamorfose” mostra como a vida no planeta está em constante mudança, numa contínua transformação de um ser em outro, de uma forma em outra. Percebe-se isso, na transformação do corpo de uma mulher durante sua gestação, e não apenas no corpo feminino, como também na transmutação constante do feto no útero da sua mãe. E quando essa criança nasce, passa seguidamente por diferentes fases, sofrendo alterações na sua personalidade, na sua aparência e no seu caráter. A partir disso, a sociedade também sofre transformações e evolui. Então, foi assim que tudo se fez, com a vida e sua frequente metamorfose, não só humana, mas também de plantas e de todos os outros animais.

 

Fotografia:

1° lugar na modalidade fotografia:

Nome da obra: Foi assim que tudo começou
Autora: Rafaela Tumelero Zorzi
Descrição da obra: Eu escolhi esta foto pois apresenta um contraste de cores muito vivas. Aliás, a natureza nos mostra uma diversidade de cores e paisagens surpreendentes, mesmo em espaços urbanos.
A foto mostra como a natureza é intensa com suas cores lindas e perfeitas, o rosa das flores, o verde da palmeira e o cinza dos galhos secos, emoldurados pelo imenso azul do céu.
O registro foi feito de forma despretensiosa, em um dia folga, onde minha única preocupação era admirar o sol que brilhava intensamente e a beleza da natureza que estava ao meu redor.
A captura daquela imagem me trouxe alegria por conseguir admirar aquela paisagem e serenidade para curtir aquele momento de lazer.

 

2° lugar na modalidade fotografia: 

Nome da obra: A Reconexão
Autora: Ananda Krishna Cecatto Galeti
Descrição da obra: Releitura da obra “A criação de Adão”, de Michelângelo, onde é retratada a passagem bíblica do Livro “Gênesis”: o momento em que Deus cria Adão, fazendo a passagem da vida através das pontas dos dedos, de Deus para o primeiro homem criado. A fotografia faz alusão à famosa pintura, utilizando a principal parte da obra: as mãos. É representada por uma mão humana e outra desenhada, relacionando a vida com a Arte, a qual criou e transformou à si mesma e às sociedades atuais, tendo grande importância para formação de pensamento e opinião, tanto no passado, quanto no presente e futuro. A fotografia engloba outros elementos como o sol, que capacita a vida humana na Terra, e o céu, esplêndido infinito que nos cerca.

3° lugar na modalidade fotografia:

Nome da obra: Comutação
Autora: Taís Monteiro Ecker
Descrição da obra: Consiste em um retrato, tirado em uma manhã ensolarada de inverno, as flores são da planta Glicínia, típica do Oriente Médio. A fotografia abrange todo o ciclo deste arbusto, desde o desabrochar ao perecer azulado de suas flores. Na metade direita apresenta-se o início e o fim, o nascer e o desfalecer de sua roxa beleza, enquanto na metade esquerda, o desenvolvimento e transformação é nítido, com foco principal nas flores desabrochadas e vivas, com sua melhor coloração, além de mostrar o início de seu ciclo de morte. Como um todo, a metamorfose está fortemente presente, mostrando a mudança, transformação e criação, onde tudo surgiu, na natureza.